quarta-feira, 4 de maio de 2011

"Dois corpos não ocupam o mesmo lugar no espaço ao mesmo tempo"

"Dois corpos não ocupam o mesmo lugar no espaço ao mesmo tempo". Já dizia Newton, que com certeza não conhecia a "cara de pau" dos governantes de Barra Mansa. A Prefeitura, depois de vender o terreno do SAAE do Ano bom, diga-se de passagem por preço duvidoso, resolveu alugar de volta o que havia vendido e, agora, pasmem, divide o mesmo espaço com a empresa que comprou o terreno e que está construindo uma elevatória para atender aos apartamentos que serão construídos no local. Algumas perguntas ficam no ar: Será que a empresa do Espírito Santo está pagando algum aluguel para o SAAE? Quem paga a conta de luz e água usadas na obra pela empresa? Quem é o responsável jurídico pelo terreno, o SAAE ou a empresa? Se um funcionário se acidentar na obra, quem vai ser responsabilizado? E, finalmente, alguém a se habilita a tentar responder?




11 comentários:

  1. Gostaria de saber quem tem um terreno das mesmas condições para vender, que eu compro.

    Abs

    Paulo Cesar

    ResponderExcluir
  2. Calma pessoal...são elevatórias de água para destribuir para os bairros Santa Izabel, São Francisco e adjacencias!

    Vcs tem PROVAS CONCRETAS que aquelas elevatórias são para atender aos apartamentos que irão construir?

    Então.... vamos pegar leve né!

    C.L

    ResponderExcluir
  3. C.L.,

    Fico feliz! Então, provavelmente, essa parte do terreno não foi vendida, não é isso? Ou, está sendo feita obra pela PMBM em terreno de particular? É complicado isso!
    De qualquer forma, também procuro por terreno nessas condições para comprar. Se você souber de algum, informa aí, ok?
    Abs.
    Sérgio

    ResponderExcluir
  4. ESTA TURMA DO ESPÍRITO SANTO NÃO DA PONTO SEM NÓ. UM DIA É CAMINHÃO DE ESCORIA E RETRO, AGORA OBRA TAMBEM EM TERRENO PARTICULAR.(PENA QUE IMPRESA NÃO DIVULGA)

    ResponderExcluir
  5. Um do Bem,

    Vc sabe quantos empregos diretos e indiretos a construção vai trazer para Barra Mansa?
    Vc sabe quanto vai melhor o comércio do Ano Bom com os Prédios?
    Vc sabia que todo o processo de venda foi legal e autorizado pelo TCE e Conselho do SAAE?
    Vc sabia que Câmara que é órgão fiscalizador não questionou a venda?
    Mas vc sem nenhum conhecimento técnico questiona...
    Por favor leia mais, pesquise primeiro antes de postar bobagens.
    Vamos ficar 20 anos a frente da Prefeitura, a vc só restará chorar...

    ResponderExcluir
  6. Caro Anônimo intitulado "Um do Bem",

    Não posso deixar passar em branco seu post.
    Então, quer dizer que para se gerar empregos vale vender a preço de banana um imóvel daquele porte? Lá, poderiam estar alojadas diversas Secretarias e Autarquias que, hoje, pagam generoso aluguel, tais como a Secretaria de Meio Ambiente, a SUSESP, vizinhas na Rua São João, entre outros Órgãos.
    Sabe como se gera empregos, Senhor Anônimo? Com uma política pública séria para atrair empresas de médio e grande porte.
    O comércio, não só o do Ano Bom, mas, o de toda a cidade irá melhorar, atraindo-se essas empresas.
    Quanto à autorização do TCE e do Conselho do SAAE, bem, em primeiro lugar o TCE é hoje Órgão político, inconfiável, e o Conselho, este, tem a maioria do (des)Governo Municipal, então...
    Quanto à Câmara, salvo raríssima exceção, é pobre, de espírito e de moral!
    Não é preciso conhecimento técnico para saber o "maná" que foi essa venda! Ainda querem leiloar o SAAE do centro; ainda desapropriaram um imóvel no bairro Saudade, para lá instalar o SAAE, onde não podem, até o momento fazê-lo, pois é, segundo se comenta, área de marinha; ainda pagam esse aluguel aviltante no terreno vendido; ainda desapropriam fazenda de parentes de agentes do alto escalão, a pretexto de lá instalar o "lixão", e, só depois, descobrem que é área rica em nascentes etc.

    20 (VINTE) ANOS? Vou usar a fala do Júlio Esteves, em seu blog, onde disse, em resposta a um dos seus colegas: "Pode-se enganar a poucos muito tempo, a muitos pouco tempo, mas a todos o tempo todo, JAMAIS!"

    VOCÊS SE ACHAM DO "BEM", MAS "OS BONS SÃO A MAIORIA!"

    ResponderExcluir
  7. A PERGUNTA QUE NAO QUER CALAR EXISTE A IMOBILIARIA DO BEM ONDE SO SE LEVA VANTAGEM EMPRESARIOS DO ESPIRITO SANTO???? ABS ARTISTA ANONIMO

    ResponderExcluir
  8. LUIS ANTONIO DA COSTA (vila dos remédios)6 de maio de 2011 13:57

    Ohh cidadão do bem, se as empresas de transportes urbano e a empresa capixaba continuar financiando suas campanhas serão fortes candidatos.(só não esqueça que povo não é burro)

    ResponderExcluir
  9. PO!!PO!!CA!!...Já sei??? porque o terreno do SAAE foi vendido barato, FOI PARA CAIXA da CAMPANHA DE 2012........?????????

    ResponderExcluir
  10. João Vitor__ Colonia //B.M.6 de maio de 2011 23:35

    Falando em transporte urbano , onde está o respeito para com todas as pessoas q o utilizam? Segurança então nem pensar... Os ônibus lotados é até um elogio, porque é muito mais q isso!!! Estão vergonhosamente abarrotados!!!Lembrando q todos q o utiliam pagam muito bem por esse serviço. PASSAGENS CARÍSSIMAS, uma pouca vergonha! Ainda dizem q são do BEM. Só se forem BEM debochados e BEM desorganizados.E quando se trata de questões públicas, aí é claro, são BEM caras de pau...

    ResponderExcluir
  11. Sou funcionario publico municipal a 23anos nunca vi tanta cara de pau. Já ta na hora de uma greve!!! (funcinario publico a hora da união é esta)

    ResponderExcluir